Relembrando Monique Alves


Quem assiste a Meu Bem, Meu Mal, no canal Viva, sabe quem é Luciana, a secretária da gélida Isadora Venturini (Silvia Pfeifer). Quem tem mais de 35 anos provavelmente se lembra do rosto de Luciana. E quem tem menos, passou a conhecê-lo pela reprise do Viva. Trata-se da atriz Monique Alves, falecida em 1994.

Monique Alves
A carioca Monique Alves Frankenhuis fez sua estreia em 1982, no filme Aventuras de um Paraíba, de Marco Altberg. No mesmo ano, participou da novela Sétimo Sentido, de Janete Clair. Monique foi casada com Dennis Carvalho, com quem teve, em 1981, uma filha, Tainá.

Em 1981, logo após o nascimento de sua filha com Dennis Carvalho
Ao longo dos anos 1980, participou também das novelas Pão Pão, Beijo Beijo (1983), Partido Alto (1984) e Pacto de Sangue (1989), além da minissérie A Máfia no Brasil (1984) e do filme Rockmania (1986), de Adnor Pitanga. Sua última novela foi Meu Bem, Meu Mal (1990-91). 


Rockmania (1986)
Rockmania (1986)
Monique morreu precocemente, aos 32 anos. Chegou a submeter-se a dois transplantes de medula, em decorrência de uma leucemia. Mas infelizmente não resistiu às complicações subsequentes da doença.

Em 1997, sua mãe, Alcina Alves, com a ajuda de Regiana Antonini, escreveu o livro Monique Alves - A Favor da Vida. É o relato da própria Monique — que havia escrito um diário com o registro de sua luta contra a doença — complementado pelo relato de sua mãe e por depoimentos de vários amigos. O livro foi publicado pela Bertrand Brasil e já se encontra fora de catálogo.


Lembro bem da imagem de Monique nos anos 1980, ainda na minha infância. Ela chegou a fazer fotos de publicidade e de moda. A primeira vez que a vi foi na capa de um disco que minha mãe ouvia sempre, Ricordi, uma coletânea de músicas românticas italianas lançada pela K-Tel em 1979. Antes de ficar conhecida, Monique posou para a capa e a contracapa do LP, fazendo par romântico com um modelo. Quando ela começou a fazer novelas, me lembrei imediatamente do disco — cuja capa era estampada por ela — que não saía do aparelho de som lá de casa.

(clique na imagem para ampliá-la)




O passado de Isadora Venturini (Silvia Pfeifer) e o de sua secretária Luciana (Monique Alves) está, de fato, ligado. Também em 1979, as duas foram modelos de uma propaganda da Alitália, veiculada em diversas revistas do Brasil:

(clique na imagem para ampliá-la)


Que bom poder rever Monique, depois de tantos anos, sempre bonita  e alto astral, na exibição de Meu Bem, Meu Mal, no canal Viva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário